O PROJETO

ATIVIDADES

HISTÓRIA

GALERIA

QUERO CONTRIBUIR

CONTATO

O Senhor nos deu uma missão: Acolher!

 

 

 

 

 

 

QUERO CONTRIBUIR

PARA DEPÓSITO EM CONTA OU TRANSFERÊNCIA

ITAU

Ag. 4875

C/C 14746-6

Associação Projeto Cidade Refúgio

CAIXA

Ag. 2161 Operação 003

C/C 524-6

Associação Projeto Cidade Refúgio

A Cidade Refúgio é movida pelas doações. Não existe mérito nenhum dos executores. Não há tamanhas realizações se não existir um grupo de anônimos que não têm seus nomes expostos em placas, nem recebem aplausos ou tapetes vermelhos – essas pessoas que, cada vez mais, colocam combustível em um projeto que tem transformado a vida de muitos que tiveram suas histórias interrompidas pelas ruas, drogas e álcool. Para continuarmos ajudando e ampliando o número de pessoas atendidas, contamos com você novamente, dessa vez para conseguir mais um colaborador para a Cidade Refúgio. Precisamos da mobilização de pessoas para fazer a diferença. “Porque tive fome, e me destes de comer; tive sede, e me destes de beber; era estrangeiro, e me hospedastes; estava nu, e me vestistes; adoeci, e me visitaste; estive na prisão, e foste me ver.” Mateus 25:35 e 36.

Em 1998, Júlio Flávio Lacerda, idealizador da Cidade Refúgio, iniciou um trabalho com um grupo de missionários voluntários nas ruas da capital mineira. Durante a madrugada saiam para abordar pessoas em situação de rua com o intuito de levar o amor de Deus e ampará-los com a doação de roupas e alimentos.

A partir disso, começaram a surgir solicitações de abrigo, no entanto, não possuíam condições financeiras ou qualquer estrutura para que pudessem recebê-los. Mas dada essa necessidade, reuniram-se com lideranças de igrejas locais e conseguiram o apoio necessário para criar uma unidade terapêutica, que chegou a ter 15 internos. E a demanda continuava a crescer, porém, o espaço já não comportava mais e foram sendo abertas outras casas, até alcançar um total de 19 unidades e 600 internos.  Contudo, as despesas eram altas e faltavam voluntários suficientes para atender aos abrigados.

Portanto, no ano 2000, diante de uma infinidade de problemas para seguir em frente, inclusive, de lidar com a carga emocional e comportamental que traziam das ruas, Júlio decidiu se colocar no lugar deles e passar três dias e três noites como andarilho nas ruas de Belo Horizonte, afim de sentir na própria pele, frio, fome e medo. Motivos pelos quais uma parcela significativa acaba por abusar de álcool e drogas. Contudo, ele se surpreendeu ao sentir mais dor pelo olhar de desprezo e repulsa da sociedade do que por qualquer outra coisa. E trouxe consigo da experiência que dentro de cada pessoa em situação de rua, existe um sentimento profundo de rejeição, uma história de abandono e falta de apoio familiar.

Desde então, surgiu o desejo de criar um projeto que pudesse fornecer mais do que simplesmente comida e moradia, que fosse capaz de restituir a dignidade, dar apoio psicológico, resgatar a autoestima, ajudar  a libertar dos vícios e propiciar qualificação profissional, para conceder a possibilidade de reinserção social de cada um.

Desejo que foi sendo alimentado ao longo de anos, até que em 2008, Júlio Flávio finalmente conseguiu fundar a Escola de Empreendedorismo Social Cidade Refúgio, totalmente desvinculada de qualquer instituição religiosa e sem pertencer a nenhuma denominação específica. Embora, tenha como um dos pilares educacionais, desenvolver a fé e a crença em Deus, como criador do universo e único e suficiente salvador.

A unidade provisória de atendimento foi instalada em uma fazenda na Serra da Piedade, no município de Caeté, região metropolitana de Belo Horizonte. Mas atualmente, encontra-se estabelecida na área rural da cidade de Sabará, em Minas Gerais. E toda a provisão para tornar esse sonho possível, provém de instituições privadas e pessoas de bom coração que dadivosamente fazem doações de roupas, alimentos, produtos de higiene, mobiliários, materiais de construção e recursos financeiros.

 

 

 

 

 

 

GALERIA

 

Submitting Form...

The server encountered an error.

Sua mensagem foi enviada.

Cartas para Associação Projeto Cidade Refúgio Rua Guanabara, 699 - Concórdia | Belo Horizonte / MG | CEP: 31110-650 Telefones 31 2551-1017 / 8861-1011 CNPJ 04.849.206/0001-41 (Matriz) 04.849.206/0002-22 (Unidade descentralizada) Nós retornaremos a sua mensagem O MAIS breve POSSÍVEL. Obrigado por participar desta obra.

 

 

 

 

 

 

O PROJETO

 

 

 

 

 

 

HISTÓRIA

 

 

 

 

 

 

CONTATO

 

 

 

 

 

 

ATIVIDADES

Quem Somos?

 

A Cidade Refúgio é uma ESCOLA DE EMPREENDEDORISMO SOCIAL para MORADORES EM SITUAÇÃO DE RUA, com fins não econômicos, que possui unidades em Belo Horizonte e Sabará, Minas Gerais, e desde o ano de 2008, se dedica a acolher, tratar e reinserir na sociedade, jovens, homens e mulheres que vivem em situação de rua, reféns do álcool, das drogas e da violência.

 

Visão

Além de devolver a dignidade como ser humano, por meio de cuidados biopsicossociais, que abrangem do acesso aos direitos básicos de saúde, alimentação e moradia, ao acompanhamento psicológico e psiquiátrico, a Cidade Refúgio fornece também cursos de capacitação interdisciplinares (como português, inglês, conhecimentos gerais, coaching, ética…) e multiprofissionais (de agronegócio, edificações, gastronomia e costura) com o intuito de capacitá-los para que após a conclusão do curso, tenham condições de retornar ao mercado de trabalho ou ganhar a vida empreendendo, de modo autônomo, para não regressarem às ruas.

 

Missão

Promover a restauração de pessoas com trajetória de rua ou que estejam vivendo em situação de extrema vulnerabilidade, devolvendo-lhes a dignidade, o amor próprio, a autoestima e a possibilidade de uma nova vida através de sua restauração física, emocional, social, mental, familiar e profissional.

 

Valores

• Espiritualidade e sociabilidade amistosa

• Transparência, ética e respeito mútuo

• Responsabilidade corporativa e social

• Dignidade e autonomia

• Empreendedorismo e busca da autossustentação do projeto

• Formação psicológica, profissional e familiar

• Participação ativa e plena no desenvolvimento e crescimento sócio-cultural dos residentes

• Convívio e relacionamento saudável e fraterno

• Trabalho em parcerias e equipe

• Qualidade dos serviços e atendimentos prestados

 

 

Objetivo Principal

 

Recuperar do vício, qualificar profissionalmente e reinserir os ex-moradores de rua à sociedade. Por meio do acolhimento na escola moradia que fica situada na área rural de Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte, com o auxílio de parcerias com instituições públicas, privadas, financeiras, de ensino, religiosas e congêneres.

Objetivos Gerais

1. Buscar sempre apoio político e social para melhor atender aos nossos residentes

2. Garantir uma melhor convivência aos residentes em tratamento, proporcionando um ambiente propício a reintegração a sociedade e o total abandono da dependência química e da vida de morador de rua

3. Praticar espiritualidade e sociabilidade

4. Trabalhar na recuperação e na formação ética, profissional, psicológica e familiar do residente

5. Apoiar a reestruturação econômica do residente a fim de proporcionar oportunidades de emprego

6. Atualização de documentação legal a fim de reaver sua integridade pessoal e o resgate da cidadania, bem como garantir os seus direitos humanos

 

 

Registros

Associação Projeto Cidade Refúgio possui os seguintes registros:

• Lei de Utilidade Pública Municipal Nº 9900 de 29 de abril de 2010

• Lei de Utilidade Pública Estadual Nº 18829 de 03 de maio de 2010

• CMAS – Conselho Municipal de Assistência Social

• SEDESE – Secretaria de Desenvolvimento Social

• CAGEC – Cadastro Geral de Convenentes

• AMAS – Associação Municipal de Assistência Social

• SERVAS – Serviço Voluntário de Assistência Social

• COMAD – Conselho Municipal de Políticas Sobre Drogas de Sabará

• ABRAÇO – Associação Brasileira Comunitária para a Prevenção do Abuso de Drogas

• AMCTIA– Associação Mineira das Comunidades Terapêuticas e Instituições Afins

• Cartão Aliança pela Vida – SES-MG

• CREAD– Centro de Referência Estadual em Álcool e Drogas

• CEFLAG – Central de Recepção de Flagrantes – SEDS-MG

 

 

 

Pr. Júlio

 

Natural de Campo Belo, casado com Martha Lacerda, pai de Thalita e Eliézer. O fundador da Cidade Refúgio – entidade filantrópica sem fins lucrativos, que visa a recuperação de moradores de rua e dependentes químicos -, estudou Teologia no Seminário Teológico Evangélico do Brasil, em Belo Horizonte. Em 1985, fez um treinamento pela Jocum em Contagem. Possui vasto currículo de cursos sobre Comunidade Terapêutica e Dependência Química. Foi pastor em Belo Horizonte e Campo Belo. E hoje, dedica-se ao projeto em tempo integral.

Pr. Júlio Flávio viveu grandes experiências no apoio e tratamento de marginalizados. Para conhecer bem de perto a vida dessa camada da sociedade, andou descalço por 6 meses e morou 3 dias nas ruas da capital mineira. Encontrou grandes dificuldades, mas passou a amar cada morador de rua ainda mais, pois percebeu que em cada um deles existia uma decepção, uma ausência, uma frustração, uma dor.

Equipe

A Cidade Refúgio conta com uma equipe multidisciplinar, para atender às necessidades dos internos. Todo trabalho médico, assistencial, psiquiátrico e psicológico é feito com o apoio de voluntários, bem como a realização dos cursos profissionalizantes. Além disso, a base possui um quadro fixo, responsável por fazer o processo de triagem com as pessoas em situação de rua, captar e administrar as doações e recursos.

Trabalhamos em prol do atendimento de homens entre 18 a 55 anos em situação de rua e com quadro de dependência química. Em sua grande maioria, eles já não possuem vínculos familiares ou comunitários. Nem todos são alfabetizados e possuem ou possuíram alguma história de trabalho, ainda que informal. A maioria chega ao Projeto com a saúde debilitada, seja pelo uso contínuo de drogas, seja pelas más condições de vida e de exposição ao relento que viviam.

I – Acolhimento - Essa é a primeira fase de todo o tratamento. O acolhimento consiste em uma entrevista com o morador de rua onde são avaliados o desejo e o interesse de mudança. É o momento de avaliar a história pregressa nas ruas e nas drogas, bem como tomar conhecimento sobre saúde, vínculos familiares, pendências jurídicas, entre outros. Ao demonstrar real interesse voluntário na recuperação o mesmo é encaminhado, SEM ÔNUS, para a sede da Cidade Refúgio na zona rural de Sabará/MG, localizado na Estrada Morro Vermelho entre Sabará / Raposos.

II – Triagem - Em um pequeno sítio por um período de 7 a 15 dias, os moradores de rua passam por uma adaptação, abstinência, cuidados de saúde e higiene pessoal. Aqueles que apresentam o desejo de continuar o processo de restauração são preparados para vencer!

III – Fazenda - O morador de rua agora é considerado aluno permanente na Fazenda por um período de seis meses. Neste tempo, ele receberá acompanhamento psicológico, pastoral, educacional e é inserido em atividades terapêuticas ocupacionais. É estabelecida uma rotina diária a fim de obter a formação de novos hábitos e, consequentemente, a mudança de vida. O aluno participará do programa de tratamento composto por três fases:

1. Duração de dois meses: Adaptação e desintoxicação. Há um acompanhamento de Terapias Ocupacionais, aconselhamentos, atividades direcionadas pela equipe de apoio, estudos e palestras específicas.

2. Duração de dois meses: Neste período dá-se continuidade a 1ª Fase. É potencializado a parte espiritual, além de iniciar o processo de reinserção social através da oferta de cursos profissionalizantes.

3. Duração de dois meses: Há uma capelania voltada para a conscientização por parte do interno e o estímulo da prática de ressocialização do indivíduo a família, quando possível, e a sociedade.

IV – Profissionalização - Além do acompanhamento psicossocial, espiritual e médico através de reuniões e atendimentos individuais, a proposta visa ministrar cursos profissionalizantes nas seguintes áreas:

• Construção Civil – Alvenaria, Acabamento, Pintura, Gesso, Bombeiro, Eletricista | • Culinária – Padeiro, Confeiteiro, Pizzaiolo, Chefe de Cozinha, Garçom | • Corte e Costura – Corte, Costura, Manutenção de Máquinas, Silk | • Marcenaria | • Enrolamento de Motores | • Jardinagem e Paisagismo

V – Reinserção Social - Esta é a etapa final do tratamento. Os alunos que chegaram até aqui são guerreiros e vitoriosos! Neste momento buscamos auxiliar o retorno do ex-morador de rua e ex-dependente químico à sociedade, buscando estabelecer parcerias com empresas para absorção da mão de obra formada através dos cursos profissionalizantes. Nosso objetivo é acompanhar os primeiros passos do aluno nessa caminhada.

 

 

 

31 9.8861-1011 / 9.9913-1017

2018©ASSOCIAÇÃO PROJETO CIDADE REFÚGIO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(31) 9.8861-1011 - COMUNICACAO@CIDADEREFUGIO.com.BR

desenvolvido por salvio design