CONTATO

QUEM SOMOS

HOME

ATIVIDADES

HISTÓRIA

FOTOS

VÍDEOS

QUERO CONTRIBUIR

Trabalhamos em prol do atendimento de homens entre 18 a 55 anos em situação de rua e com quadro de dependência química. Em sua grande maioria, eles já não possuem vínculos familiares ou comunitários. Nem todos são alfabetizados e possuem ou possuíram alguma história de trabalho, ainda que informal. A maioria chega ao Projeto com a saúde debilitada, seja pelo uso contínuo de drogas, seja pelas más condições de vida e de exposição ao relento que viviam.

I – Acolhimento - Essa é a primeira fase de todo o tratamento. O acolhimento consiste em uma entrevista com o morador de rua onde são avaliados o desejo e o interesse de mudança. É o momento de avaliar a história pregressa nas ruas e nas drogas, bem como tomar conhecimento sobre saúde, vínculos familiares, pendências jurídicas, entre outros. Ao demonstrar real interesse voluntário na recuperação o mesmo é encaminhado, SEM ÔNUS, para a sede da Cidade Refúgio na zona rural de Sabará/MG, localizado na Estrada Morro Vermelho entre Sabará / Raposos.

II – Triagem - Em um pequeno sítio por um período de 7 a 15 dias, os moradores de rua passam por uma adaptação, abstinência, cuidados de saúde e higiene pessoal. Aqueles que apresentam o desejo de continuar o processo de restauração são preparados para vencer!

III – Fazenda - O morador de rua agora é considerado aluno permanente na Fazenda por um período de seis meses. Neste tempo, ele receberá acompanhamento psicológico, pastoral, educacional e é inserido em atividades terapêuticas ocupacionais. É estabelecida uma rotina diária a fim de obter a formação de novos hábitos e, consequentemente, a mudança de vida. O aluno participará do programa de tratamento composto por três fases:

1. Duração de dois meses: Adaptação e desintoxicação. Há um acompanhamento de Terapias Ocupacionais, aconselhamentos, atividades direcionadas pela equipe de apoio, estudos e palestras específicas.

2. Duração de dois meses: Neste período dá-se continuidade a 1ª Fase. É potencializado a parte espiritual, além de iniciar o processo de reinserção social através da oferta de cursos profissionalizantes.

3. Duração de dois meses: Há uma capelania voltada para a conscientização por parte do interno e o estímulo da prática de ressocialização do indivíduo a família, quando possível, e a sociedade.

IV – Profissionalização - Além do acompanhamento psicossocial, espiritual e médico através de reuniões e atendimentos individuais, a proposta visa ministrar cursos profissionalizantes nas seguintes áreas:

• Construção Civil – Alvenaria, Acabamento, Pintura, Gesso, Bombeiro, Eletricista | • Culinária – Padeiro, Confeiteiro, Pizzaiolo, Chefe de Cozinha, Garçom | • Corte e Costura – Corte, Costura, Manutenção de Máquinas, Silk | • Marcenaria | • Enrolamento de Motores | • Jardinagem e Paisagismo

V – Reinserção Social - Esta é a etapa final do tratamento. Os alunos que chegaram até aqui são guerreiros e vitoriosos! Neste momento buscamos auxiliar o retorno do ex-morador de rua e ex-dependente químico à sociedade, buscando estabelecer parcerias com empresas para absorção da mão de obra formada através dos cursos profissionalizantes. Nosso objetivo é acompanhar os primeiros passos do aluno nessa caminhada.

ATIVIDADES

 

ASSOCIAÇÃO PROJETO CIDADE REFÚGIO

RUA GUANABARA, 699 - CONCÓRDIA

BELO HORIZONTE / MG | CEP: 31110-650

TELEFONES: 31 2551-1017 | 9.8861-1011

CNPJ: 04.849.206/0001-41 (MATRIZ)

CNPJ: 04.849.206/0002-22 (UNIDADE DESCENTRALIZADA)

2018©ASSOCIAÇÃO PROJETO CIDADE REFÚGIO. TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

(31) 9.8861-1011 - COMUNICACAO@CIDADEREFUGIO.com.BR

desenvolvido por salvio design